Arquivo da tag: Nota

Nota

nota

Ante a repercussão pública do processo disciplinar que tramita junto à Comissão Executiva Municipal do PT de Itajaí, em face do filiado Thiago da Silva Morastoni, e considerando os telefonemas que venho recebendo da imprensa e das pessoas em busca de uma declaração de minha parte com relação ao assunto, tenho a dizer, simplesmente:

1. Que não me senti pessoalmente ofendido com as declarações do vereador na coluna do JC, mas compreendo a gravidade das mesmas com relação à instituição partidária e aos companheiros citados, aos quais me solidarizo;

2. Que penso que as declarações, reafirmadas hoje, são apenas fruto da imaturidade política do vereador, em razão de ele ter recém ingressado na vida pública, já que é comum, num primeiro momento, que a sensação de poder embriague, mas tenho esperança de que não será uma constante;

3. Que estou certo de que os membros da executiva e do diretório terão serenidade ao avaliar o assunto;

Peço escusas para deixar apenas esta nota como minha posição oficial, para evitar a possibilidade de qualquer interpretação equivocada do que pudesse vir a dizer, já que o momento exige alto grau de responsabilidade.

Níkolas Reis.

Anúncios

Nota

 

Iphone 960

Lamento informar que a ação popular que movi, em conjunto com a vereadora e amiga Anna Carolina, mesmo com toda organização e apelo popular, e mesmo após duas confirmações pelo Tribunal de Justiça, em agravos interpostos pela Câmara e pela Prefeitura,   teve a liminar que suspendia os efeitos da nova lei de zoneamento revogada, assim como sentenciada pela improcedência dos pedidos.

Pelo instituto do reexame necessário, a ação sobe novamente ao tribunal para confirmação ou não da decisão, com efeito suspensivo, nos termos do artigo 19 da Lei 4.717/65.

Revogada a liminar e confirmada a sentença pelo tribunal, as leis passam a valer, permitindo, dentre tantas outras coisas, construções de até 08 andares no Canto do Morcego, apenas 05 metros de recuo na Rua Heitor Liberato, e sem nenhum carinho com o patrimônio histórico da cidade.

Na segunda-feira me reunirei com a vereadora para decidirmos sobre as medidas que iremos tomar.

No momento, devo afirmar que: “se confirmada esta decisão, Itajaí perde na concepção do seu espaço urbano para o futuro, com graves consequências para a mobilidade urbana, para o patrimônio histórico, estético e cultural, e, sobretudo, na sua relação com o meio-ambiente”.

Níkolas Reis